João Bittar é homenageado pela Prefeitura de Uberlândia

Publicado em: 26 de janeiro de 2018 • Categoria: Institucional

 

Uberlândia está prestes a se tornar uma referência de padrão internacional para os esportes aquáticos. As obras de conclusão do Parque Aquático recomeçaram hoje, após cinco anos paradas, graças a um convênio assinado na sexta-feira (19) pelo prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão. O projeto foi viabilizado em 2008, por emenda parlamentar de João Bittar, fundador da Societá, durante o mandato de deputado federal.

Na ocasião, o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Wilson Pinheiro, anunciou um projeto de lei proposto pela casa, com apoio da Prefeitura de Uberlândia, que intitula o equipamento público como “Parque Aquático João Bittar”, em reconhecimento aos esforços de nosso fundador para a melhoria da cidade. A proposta será votada no início do próximo mês.

“Nós retomamos esta obra com muito carinho e pelo respeito que temos por João Bittar. Ele trabalhou tanto para os jovens e este é mais um legado que ele deixa para nossa juventude. Então, é mais do que justa a homenagem a ele. Recuperar a memória de homens públicos da qualidade de João Bittar é uma obrigação”, afirmou Odelmo Leão.

Participaram da solenidade mais de 50 jovens aprendizes da Societá, representando as 90 mil crianças e jovens atendidas atualmente pelo Instituto Pater, mantenedor da Societá. O jovem aprendiz Matheus Barbosa e João Bittar Netto entregam ao prefeito Odelmo Leão uma lembrança em agradecimento ao esforço de conclusão da obra, que imortaliza a memória e o legado. de João Bittar.

 

Complexo

joao_bittar1

Construído ao lado do Sabiazinho, o Parque Aquático tem área superior a 6 mil m², doada pela Prefeitura de Uberlândia, e vai contar com uma piscina olímpica semi-aquecida, em conformidade com as exigências da Federação Internacional de Natação (Fina), além de arquibancadas para 1,3 mil pessoas, área de alimentação, sanitários e galeria técnica de 1,2 mil m², espaço exclusivo para os trabalhos do departamento médico, além de sanitário e vestiário para atletas, árbitros e administração.

As obras contam com recursos na ordem de R$ 5,9 milhões, por meio de convênio entre o Governo Federal, Governo de Minas e Prefeitura de Uberlândia, que entrará com aporte de mais de R$ 850 mil para custear as atualizações do orçamento inicial da obra. A expectativa é que o restante do projeto, estimado em 40% da obra, seja executado em até 12 meses.

 

Parque Aquático João Bittar

Fotos de Valter de Paula – Secom – PMU